CNPq tem novo Programa de bolsas

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), será destinado a instituições públicas, comunitárias ou privadas que realizam atividade de desenvolvimento tecnológico e inovação e tenham instalações próprias para tal fim. Cada instituição ficará responsável por repassar sua cota de bolsas aos estudantes que participem de trabalhos orientados por pesquisadores qualificados. O principal objetivo, segundo o CNPq, é contribuir para o engajamento e a formação dos estudantes que realizam atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, além da formação de recursos humanos destinados ao fortalecimento da capacidade inovadora das empresas no País. A modalidade atuará nas atividades de desenvolvimento tecnológico e inovação de forma semelhante às bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). As bolsas Pibic são oferecidas por meio de cotas às instituições de ensino e pesquisa e concedidas aos alunos que desenvolvem atividades de pesquisa, com o objetivo de introduzir o estudante na iniciação científica. Em 2005, o CNPq concedeu cerca de 17 mil bolsas Pibic. Para 2006, 18 mil bolsas foram aprovadas, beneficiando o estudante com o valor mensal de R$ 300. As cotas para as instituições que receberão o Pibit estão previstas para serem divulgadas no mês de setembro. Inicialmente serão concedidas 300 bolsas, distribuídas entre as instituições selecionadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.