Ciência sem Fronteiras abrirá inscrições para bolsas em 7 países

Somente para os EUA e a Alemanha serão distribuídas 5,5 mil bolsas na modalidade sanduíche

Estadão.edu,

31 Julho 2012 | 22h09

A partir da próxima segunda-feira, 6, estudantes de graduação podem se candidatar a novas bolsas do programa Ciência sem Fronteiras. Há vagas para cursos na Austrália, Alemanha, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Holanda e Reino Unido. As inscrições ficam abertas até 14 de setembro.

 

Somente para os Estados Unidos e Alemanha serão distribuídas 5.500 bolsas da Capes na modalidade sanduíche, que permite ao estudante fazer um ano do seu curso fora do País com aproveitamento dos créditos.

 

Para se candidatar, o estudante deve estar matriculado em curso nas áreas definidas como estratégicas pelo Ciência sem Fronteiras; ter nacionalidade brasileira, ter cursado no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto e apresentar o teste de proficiência na língua do país de destino. A meta do programa é oferecer 101 mil bolsas de graduação e pós-graduação até 2015. Para este ano, a previsão é a concessão de 20 mil bolsas.

 

O Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa do governo federal, por meio dos Ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e suas instituições de fomento – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Mais informações nas chamadas para cada país e na cartilha com informações de apoio ao estudante no exterior.

Mais conteúdo sobre:
Ciência sem Fronteiras Intercâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.