Cidade inca é descoberta perto de Machu Picchu

Uma equipe anglo-americana descobriu na selva peruana uma cidade inca desconhecida, nas proximidades de Machu Picchu, a cerca de 3 mil metros de altura, na encosta de uma montanha. Localizada em Llactapata, a cidade tem um grande conjunto de construções de pedra espalhadas por vários quilômetros, com muitas casas e um templo solar.O grupo de pesquisadores, liderado pelo britânico Hugh Thomson e pelo americano Gary Zeigler, observou que disposição das construções dá à cidade inca uma característica religiosa muito forte. As ruínas das casas estão alinhadas com a constelação das Plêiades e com a posição do sol ao amanhecer no solstício de junho.A vizinha Machu Picchu era, segundo muitos arqueólogos, um local sagrado, o que reforça o caráter ritual de Llactapata. A cidade poderia ser também um centro de hospedagem e de armazenagem de alimentos para servir Machu Picchu, segundo indicam as primeiras escavações.Fotos infravermelhasAs ruínas foram localizadas a partir de fotografias aéreas infravermelhas tiradas da densa floresta peruana. Traçado o mapa, os pesquisadores entraram na mata, abrindo caminho com facões.A existência da cidade foi citada já em 1912 pelo explorador Hiram Bingham, quando ele descobriu Machu Picchu. Mas não havia informações precisas sobre a localização, assim como ocorre com outras vilas mencionadas em registros históricos. No ano passado, a mesma equipe encontrou outra cidade inca em Cota Cota, a 97 quilômetros a oeste de Cuzco.Os incas abandonaram seus territórios depois que os invasores espanhóis eliminaram seus líderes e os caçadores de tesouros saquearam suas vilas e povoados. O último líder inca foi Tupac Amaru, assassinado pelos invasores em 1572.

Agencia Estado,

09 de novembro de 2003 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.