Censo da Educação Superior revela aumento na oferta de vagas

Aumento foi puxado pelas instituições privadas; instituições públicas apresentaram decréscimo nas vagas

da Redação,

02 de fevereiro de 2009 | 18h24

O Censo da Educação Superior de 2007, realizado pelo Inep, registrou um aumento no número total de vagas oferecidas: foram 2.823.942, 194.344 a mais que em 2006. O aumento foi puxado pelas instituições privadas, que ofereceram 196.189 novas vagas. As instituições públicas estaduais e municipais apresentaram um decréscimo no número de vagas oferecidas.  Veja também: MEC aperta os critérios para o censo da educação superior Ranking do ensino superior No entanto, o aumento número de vagas não levou a um aumento proporcional no número de alunos - aumentando o número vagas ociosas. Em todo o Brasil foram registradas 1.341.987 vagas ociosas, 1.311.218 delas nas instituições privadas.  Os dados também apontam outra tendência importante: a queda no ritmo de criação de novas instituições. Observou-se o aumento de apenas 1,7% instituições municipais, 1% instituições federais, e 0,5% instituições privadas. Houve uma queda de 1,2% no número de instituições estaduais, decorrente de integrações. Quanto ao número de alunos, observa-se a existência de 1.240.968 estudantes na rede pública (615.542 na rede federal; 482.814 na rede estadual e 142.612 na rede municipal). Em instituições privadas há 3.639.413 estudantes.  No geral, o Censo mostra a existência de 2.281 instituições de educação superior, 23.488 cursos e 4.880.381 estudantes - sendo que, desses, 1.481.955 são ingressantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.