Cartilha com 'Hino Nacional' errado é distribuída em escola de MG

Prefeitura de Vespasiano afirma que o erro já está sendo corrigido, sem custos adicionais; material foi comprado mediante licitação, por R$ 280,4 mil

Alex Capella, O Estado de S. Paulo

15 Abril 2014 | 19h57

BELO HORIZONTE - Os 55 mil estudantes da rede municipal de ensino de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, receberam, neste ano, cadernos com erros de grafia no Hino Nacional, que aparece na contracapa. O material foi distribuído a todos os alunos do ensino fundamental e de Educação de Jovens e Adultos (EJA) pelo município. As palavras "flores" e "florão" aparecem sem a letra "l"; "desafia"e "filho", sem o "i". Além das falhas, os alunos ainda não receberam os uniformes para o ano letivo de 2014.

Em nota, a prefeitura de Vespasiano afirma que o erro está sendo corrigido, sem custos adicionais para os cofres públicos. O material foi comprado mediante licitação, ao preço de R$ 280,4 mil. De acordo com o município, nas provas enviadas para aprovação pela Secretaria de Educação, o material "estaria correto". A gráfica responsável foi notificada no dia 4 e está produzindo cartilhas extras, que, segundo a prefeitura, deveriam ser entregues em 15 dias.

De acordo com o município, a licitação para a compra de uniformes foi feita em julho de 2013. O vencedor, no entanto, abriu concordata e o segundo lugar apresentou material de baixa qualidade, e por isso foi reprovado. A mesma empresa se comprometeu a produzir material de melhor qualidade. A previsão é que os uniformes sejam entregues aos alunos em maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.