Capes destina R$ 1 milhão à pesquisa em educação profissional

Estão abertas as inscrições para grupos de pesquisa que tenham interesse em financiamento para estudos relacionados à educação profissional integrada ao ensino de jovens e adultos. As instituições têm até o dia 6 de novembro para encaminhar seus projetos. O Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos (Proeja), realizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação, tem como objetivo aumentar a produção científica e a criação de cursos na área. As propostas deverão conter temas como o aumento da escolaridade, a inclusão no mundo do trabalho e a capacitação, entre outros. Poderão participar grupos de pesquisa de cursos recomendados pela Capes. O projeto, apresentado em formulário de inscrição apropriado, deverá ser enviado por correio. Serão selecionados e apoiados até dez projetos. O valor total de recursos destinado a cada projeto é de R$ 100 mil por ano, sendo que o recurso total do programa é de R$ 1 milhão. Cada um poderá ter de quatro a cinco anos de duração. Caso haja disponibilidade de recursos financeiros, o Programa poderá contemplar um maior número de projetos.O edital está disponível na página eletrônica da Capes. Mais informações sobre o Programa nos telefones (61) 2104-8893/2104-9511 ou no e-mail dcpc@capes.gov.br.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2006 | 14h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.