Candidatos poderão alterar município onde farão o Enem

Mudança poderá ser realizada pelos candidatos a partir de quarta-feira, 7, no site do Inep

Agência Brasil,

06 Outubro 2009 | 18h33

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que quiserem alterar o município escolhido para realizar a prova poderão fazer a mudança a partir de quarta-feira, 7, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O Ministério da Educação (MEC) confirmou a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão nos dias 5 e 6 de dezembro.

 

Veja também:

linkPF indicia mais dois e encerra inquérito sobre Enem

linkForça tarefa irá garantir segurança do Enem, diz Haddad

link Nota da 1ª fase pode substituir a do exame

link Polícia Federal indicia mais 3 acusados de vazar a prova

blog Blog da Renata Cafardo: Bastidores do vazamento do Enem

link MEC deve manter endereços das provas

link PF mira impressão e distribuição das provas

link Professores recomendam estudar; tire suas dúvidas

link Na web, alunos lamentam e festejam cancelamento

link Enem fraudado é disponibilizado para simulados pelo MEC

video TV Estadão: Ministro da Educação fala sobre vazamento

 

Quando foram divulgados os antigos locais de prova, o Inep recebeu reclamações de candidatos afirmando que tinham sido alocados em municípios diferentes daqueles em que moravam. Segundo o instituto, alguns candidatos tinham selecionado o município errado no momento da inscrição. Foram recebidas cerca de 400 ocorrências desse tipo.

 

Segundo o ministro Fernando Haddad, o horário das provas está mantido. Os exames começam às 13h (horário de Brasília), tanto no sábado como no domingo. Os locais de prova definitivos deverão ser anunciados posteriormente pelo MEC. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 61 61 61.

Mais conteúdo sobre:
Enem educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.