Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Candidatos encerram etapa final da Fuvest nesta terça-feira

No último dia de provas, estudantes respondem a 12 questões abertas de 2 ou 3 disciplinas e esperam exames trabalhosos

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

06 Janeiro 2015 | 12h51

Atualizado às 14h35

SÃO PAULO - Candidatos da etapa final da Fuvest, exame que dá acesso à Universidade de São Paulo (USP), fazem nesta terça-feira, 6, o último dia de provas. O teste reúne 12 questões abertas de duas ou três disciplinas, a depender da carreira escolhida pelo aluno.

Candidatos em cursos concorridos, os amigos Lucas Ganem e Mariana Delfino esperam um exame difícil. "As questões devem ser mais trabalhosas hoje", comenta Lucas, de 18 anos, que pretende cursar Medicina e faz a Fuvest pela segunda vez. As provas específicas para a área são de Física, Química e Biologia. 

"No ano passado, fui bem mal neste mesmo dia. Faltou conteúdo de Física", disse Mariana, de 18 anos, que tenta ingressar na Escola Politécnica. Os testes desta terça-feira, na opinião da jovem, devem ter cálculos mais complexos, diferente do que ocorreu no segundo dia de prova. Ganem e Mariana fazem a prova no prédio da Engenharia Civil, na Cidade Universitária, no Butantã, zona oeste da capital. 
Para aliviar a ansiedade, Mariana conta com a companhia do pai, o administrador de empresas Marcos Delfino, de 46 anos. "Sempre acompanhei minha filha em todos os vestibulares. É importante estar perto", afirma. No ano passado, Mariana foi aprovada em outras universidades, públicas e particulares, mas o objetivo é só um. "Ela quer entrar na Poli."

Estreante. Recém formado no ensino médio, Yago Gamboa se assustou com o nível da Fuvest, que faz pela primeira vez. "Ontem (segunda-feira, 5), deixei três questões em branco", admite ele, de 19 anos. Candidato ao curso de Educação Física, Yago enfrentará o cardápio mais diverso de disciplinas específicas: História (Humanas), Física (Exatas) e Biologia (Biológicas). "Como são mais matérias, espero que o nível de dificuldade das perguntas esteja menor", diz.

Cerca de 29,7 mil candidatos foram convocados para a segunda fase do processo seletivo.  No domingo, 4, eles fizeram a redação, além de 10 questões de Português. Na segunda-feira, foram 16 questões de História, Geografia, Inglês, Matemática, Física, Química e Biologia. Estão em disputa 11.057 vagas na USP e 120 cadeiras no curso de Medicina da Santa Casa. A lista de aprovados deve ser divulgada no dia 31 de janeiro.

Já a candidata de Pedagogia, Carolina Jacomini, de 18 anos, pretende garantir os pontos necessários para a aprovação nas provas de História e Geografia. "Para o meu curso, também é cobrada Matemática. Espero acertar pelo menos uma questão", diz. 

Com atlas na mão até os minutos finais antes da prova, a jovem confessa que não parou de estudar nos últimos dias. "Hoje, de manhã, também vi uma vídeo aula na internet. Era para eu ter estudado mais ao longo do ano", afirma.   

Mais conteúdo sobre:
Fuvest USP Vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.