Candidatos acreditam em prova difícil na segunda fase da Fuvest

'Como fui bem no Enem, isso me deixa um pouco mais animado', diz jovem que tenta vaga em agronomia

Rene Moreira, Especial para O Estado

04 Janeiro 2015 | 14h42

FRANCA - Os portões dos locais de prova da Fuvest fecharam e, a partir de agora, milhares de inscritos já estão definindo seu futuro na universidade. Muitos dizem acreditar que a prova será difícil, mas garantem ter se preparado. "Fiz cursinho e estudei muito, mas sei que não será fácil", afirma Gabriel Alves Garcia, de 20 anos, que tenta uma vaga em agronomia na USP (Universidade de São Paulo).

Ele está fazendo a avaliação em Franca (SP) e diz que a tensão somente não é maior porque ele foi bem no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e no vestibular da Unesp (Universidade Estadual Paulista), cujo resultado é aguardado. "Mas minha prioridade é a USP, então vou fazer de tudo para ir bem na prova", conta o estudante.

Outra candidata da Fuvest, Mariana Aparecida Ferreira Lopes, de 17 anos, também diz esperar uma prova difícil. Ela tenta uma vaga em pedagogia, porém, como treineira. "Estou terminando o colegial e acho que é bom prestar desde já o vestibular para ir se acostumando com esse clima todo entre os alunos e conhecendo as dificuldades do exame".

Viagem. Na região de Ribeirão Preto (SP) são 2.420 inscritos para a prova da segunda fase. Além da cidade, a avaliação é realizada ainda em Franca e Barretos. Muitos candidatos são de outros estados e tiveram de viajar muito para tentar passar na Fuvest.

João Gabriel Santos, de 17 anos, saiu de Formosa (GO) e, após viajar 740 quilômetros, está em Ribeirão Preto (SP) fazendo a prova neste domingo, 4. Foram mais de 10 horas na estrada de ônibus para tentar uma vaga em biologia. "Vale o esforço", garante o estudante que espera ir bem no vestibular.

Mais conteúdo sobre:
Fuvest 2015 vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.