Candidatos à Presidência vão receber carta-compromisso com a educação

Documento assinado por 27 entidades apresenta propostas à Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB)

Estadão.edu

15 Outubro 2010 | 16h06

Nesta sexta-feira, 15, Dia do Professor, 27 entidades planejam entregar aos candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), uma carta-compromisso "pela garantia do direito à educação de qualidade". Segundo as organizações, o objetivo da iniciativa é assegurar o compromisso de ambas as candidaturas com políticas educacionais capazes de consagrar o direito à educação de qualidade para todos os brasileiros.

 

O conteúdo da carta-compromisso sintetiza propostas aprovadas na Conferência Nacional de Educação, realizada entre 28 de março a 1º de abril deste ano, em Brasília. O documento foi lançado em 31 de agosto, na sede do Conselho Nacional de Educação (CNE).

 

Redigido por 25 entidades e movimentos nacionais e 2 organismos internacionais, o manifesto enumera sete desafios educacionais prioritários que devem ser superados com urgência, reitera a necessidade de criação do Sistema Nacional de Educação e propõe quatro grandes compromissos de macropolíticas públicas a serem implementadas: ampliação adequada do financiamento da educação pública; implementação de ações concretas para a valorização dos profissionais da educação; promoção da gestão democrática; e aperfeiçoamento das políticas de avaliação e regulação.

Mais conteúdo sobre:
Dilma Rousseff José Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.