Candidatos à Fuvest não precisam preencher nº do Enem

Preenchimento no formulário de inscrição é facultativo, mas o CPF deve ser informado

28 Agosto 2009 | 13h14

A Fuvest informou nesta sexta-feira que é facultativo o preenchimento do número do Enem na ficha inscrição para o seu vestibular 2010, desde que o candidato informe o número do CPF.  As inscrições foram abertas hoje e podem ser feitas até 11 de setembro exclusivamente pelo site www.fuvest.com.br.   No site para a inscrição ainda consta que o preenchimento do número do Enem é obrigatório, mas segundo a assessoria da instituição, "fica facultativo o preenchimento do campo relativo ao número do ENEM no formulário de inscrição", já que "vários candidatos reportaram dificuldade na obtenção do número" junto ao INEP.   O número do CPF, requisitado na inscrição para os dois exames, será utilizado pela Fuvest para obter a nota do Enem junto ao Inep.   Pela primeira vez os candidatos ao vestibular da Fuvest podem se inscrever pela internet. A taxa de inscrição custa R$ 100 e o pagamento pode ser feito até 14 de setembro, por meio de boleto retirado em bancos ou impresso a partir da página da Fuvest na internet.   Provas   A primeira fase do vestibular, que vai selecionar alunos para a Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa e Academia de Polícia Militar do Barro Branco será realizada no dia 22 de novembro. A prova terá cinco horas de duração e 90 questões de múltipla escolha. Os locais de exame serão divulgados dia 16 de novembro. A partir deste ano, a primeira fase deixará de contar pontos na nota final do processo de seleção.   A segunda fase será realizada de 3 a 5 de janeiro de 2010 e os candidatos terão de responder a questões dissertativas de todas as disciplinas. A duração de cada prova será de quatro horas. As provas de habilidades específicas serão feitas nos dias 6, 7 e 8 de janeiro.   A segunda fase também será diferente a partir deste ano. Os candidatos terão questões de todas as disciplinas, e não só as relacionadas à sua carreira. No primeiro dia os alunos farão a redação e dez questões de língua portuguesa; no segundo dia, serão 20 questões interdisciplinares de todas as áreas do ensino médio. No terceiro, serão 12 questões de duas a três disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida.   Outra mudança é que a Fuvest vai adotar as normas do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Como previsto, há um período de adaptação, segundo o qual os candidatos poderão optar por seguir, nas provas dissertativas da segunda fase, as novas regras ortográficas ou continuar usando as que estavam em vigor antes do acordo.   Enem   Apenas as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano serão consideradas na composição da nota da primeira fase do processo seletivo da Fuvest. A nota do Enem, que será realizado nos dias 3 e 4 de outubro, continuará a ter peso de 20% na primeira fase.

Mais conteúdo sobre:
pontoedufuvestvestibularenem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.