Câmara encerra série de audiências sobre educação neste sábado

Na última sessão pública da série que discute o Plano Municipal de Educação, vereadores debaterão destino dos recursos da área

Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo

26 Setembro 2014 | 18h11

A Câmara dos Vereadores encerra neste sábado, 27, a série de audiências públicas que abriram a discussão do substitutivo do Plano Municipal de Educação (PME) à população paulistana. O plano vai definir as diretrizes e metas para a educação nos próximos 10 anos na capital e deve ser aprovado, no máximo, até junho do ano que vem.

Nesta última sessão, que ocorrerá às 9h no auditório Prestes Maia, na Câmara dos Vereadores, serão debatidos a aplicação dos recursos destinados à área e o fortalecimento da participação popular no ambiente escolar.

O projeto de lei (PL) a ser debatido faz alterações ao texto original, apresentado em 2010, mas que não chegou a ser votado porque a Prefeitura aguardava sincronia com a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), sancionado em junho pela presidente Dilma Rousseff (PT). Todos os municípios e estados do País precisam definir seus planos até metade de 2015. As sugestões feitas durante as audiências poderão ser incluídas no texto final da Câmara.

A casa ainda não tem um cronograma para levar a PL à votação, mas a expectativa é de que o projeto seja aprovado até o início de 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.