Brasileiros disputam a final do Global Challenge

A equipe Agência Estado/The Leaders, campeã do Global Management Challenge Brasil (edição 2003), embarca nesta sexta-feira para Portugal para disputar a final internacional do GMC. Os cinco integrantes, todos estudantes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) têm concorrentes de mais 14 países, entre eles China, Alemanha, Itália, Portugal, Espanha, França, República Tcheca, México, Índia, Macau, Eslováquia.Tiago Macedo Dias (chefe), Lucas de Vicente Machado, Hélio Marcos Faria Ribeiro, Bruno Menegasso de Freitas e Reinaldo Giusti Egas deixaram para trás cerca de 1.100 competidores brasileiros, de outras 229 equipes, na etapa nacional realizada entre janeiro e março. Sagraram-se os campeões do Brasil em final que ocorreu em São Paulo no último dia 16.A competição testa as habilidades dos participantes na gestão de empresas fictícias, ganhando a equipe que conseguir melhor valor para suas ações numa bolsa de valores também virtual. A final mundial ocorre nos dias 28 e 29 de março no Funchal, capital da Ilha da Madeira (Portugal), eleita Região Européia 2004.Empresa virtualNo domingo ocorre a semi-final, com todas as 15 equipes, divididas em dois diferentes grupos. As regras e o formato são os mesmos das competições nacionais. É dado um histórico de uma empresa virtual que as equipes devem gerir e manter em posição de liderança no mercado por cinco rodadas, cada uma simbolizando um trimestre.Passam para a final apenas as oito melhores equipes, que voltam a se enfrentar na segunda-feira. Um simulador (que reproduz um mercado virtual) processa todos os resultados.O Global Management Challenge é a maior competição de estratégia e gestão do mundo e completa 25 anos de existência no ano que vem, em Portugal, onde nasceu. O desafio conta com o patrocínio da Vivo, da EDP Brasil, da Accenture e da SAP. O jornal O Estado de S.Paulo é o veículo oficial do certame.

Agencia Estado,

25 de março de 2004 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.