Brasil sediará o próximo Encontro Mundial de Reitores Universia

País foi escolhido durante o encerramento da 2ª edição do evento, no México

02 Junho 2010 | 14h04

O Brasil será o país-sede do 3º Encontro Mundial de Reitores Universia, marcado para 2015. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 1º de junho, durante o encerramento da 2ª edição do evento, que reuniu 958 reitores de 1.053 universidades de todo o mundo em Guadalajara, no México. A organização ainda não definiu qual cidade brasileira receberá os acadêmicos.

 

O Brasil teve a maior delegação estrangeira no encontro do México, com 123 reitores e dirigentes universitários, que representaram 156 instituições de ensino públicas e privadas. Só perdeu para o país anfitrião, com 509 universidades participantes.

 

Este foi o segundo evento organizado pelo Universia. O primeiro foi em 2005, em Sevilha, na Espanha. Na ocasião, reuniram-se 352 reitores de 21 países.

 

Encerramento

 

Entre as diversas conclusões da 2ª edição do encontro estão a valorização e o reconhecimento do papel estratégico das universidades na sociedade, em que a educação e o conhecimento representam os instrumentos mais poderosos de transformação, progresso, desenvolvimento, igualdade de oportunidades, coesão e mobilidade social.

 

Os participantes produziram um documento final, a 'Agenda de Guadalajara', que tem cinco eixos norteadores do rumo das universidades ibéricas e latino-americanas até 2020. São signatários da 'Agenda...' 1.009 universidades ibero-americanas e 44  reitores de outros países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.