Brasil precisa de 30 mil professores de espanhol

O subsecretário de Educação da Espanha, Fernando Gurrea, disse nesta terça-feira que serão necessários 30 mil professores para atender às necessidades da lei brasileira que prevê a implantação da língua espanhola no sistema educacional brasileiro.Segundo Gurrea, o Brasil será responsável por custear a formação dos professores, mas o Ministério de Educação espanhol colaborará com as autoridades brasileiras.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou em agosto de 2005 uma lei que obriga as escolas públicas e particulares a ensinar a língua espanhola, medida que beneficiará cerca de 9 milhões de alunos do Ensino Médio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.