Brasil ganha centro de estudos sobre educação em parceria com Stanford

A Fundação Lemann divulgou nesta sexta-feira, 19, a criação de um novo centro de estudos dedicado à educação brasileira na Universidade Stanford: o Lemann Center for Educational Entrepreneurship and Innovation in Brazil. O centro vai oferecer bolsas de pós-graduação para pesquisadores brasileiros, apoiar a formação de professores no país e se dedicar a pesquisar políticas educacionais e inovações para o Brasil.

Estadão.edu

19 Agosto 2011 | 13h50

O programa é uma parceria da Escola de Educação de Stanford com a Fundação Lemann, organização sem fins lucrativos, que tem como objetivo melhorar a qualidade da educação pública no Brasil. “Queremos formar uma nova geração de profissionais da educação no país e incentivar a pesquisa de políticas inovadoras, que nos façam avançar mais rápido”, afirma Denis Mizne, diretor executivo da Fundação Lemann.

Os projetos serão avaliados pelo professor Martin Carnoy, de Stanford. Para Ilona Becskeházy, diretora da Fundação Lemann, é preciso pensar a educação no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.