Bombeiros controlam princípio de incêndio na ECA-USP

O fogo começou por volta de 11h15; funcionários avistaram fumaça saindo da janela da secretaria

Anna Rangel, Especial para o Estadão.edu

20 Agosto 2010 | 18h13

Bombeiros controlaram na manhã desta sexta-feira, 20, um incêndio no prédio central da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Funcionários relataram que o fogo começou por volta de 11h15, quando avistaram fumaça vindo da janela da secretaria. Houve uma tentativa de evacuação após a fumaça se espalhar pelo caminho da fiação próximo à biblioteca da unidade.

 

Enquanto funcionários tentavam apagar o incêndio com extintores, a polícia e o corpo de bombeiros foram chamados. Após 20 minutos, o prédio foi isolado e o fornecimento de energia elétrica, cortado, já que havia a suspeita de que a causa do fogo estaria relacionada a um problema na fiação.

 

Parte da coluna de onde saía a fumaça foi quebrada pelos bombeiros para encontrar o foco do incêndio, que foi controlado por volta do meio-dia. As causas do incidente ainda são desconhecidas, mas os bombeiros acreditam que restos de papel e madeira dentro da concretagem tenham contribuído. A perícia já iniciou os trâmites para a realização de um laudo, que deve começar neste sábado.

 

A assistente administrativa Bárbara Leitão trabalha na secretaria da escola e estava lá no momento do incêndio. "Foi uma fumaça forte, só isso. O Corpo de Bombeiros foi acionado porque é praxe, para apurar as causas do que aconteceu. Mas não houve dano físico nem ao acervo", explicou. A maior parte dos alunos não estava no prédio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.