Bolsistas do ProUni poderão estudar em universidade na Espanha

Ministério da Educação e Universidade de Salamanca assinam acordo que cria programa de estudos superiores

Agência Brasil,

26 Janeiro 2010 | 08h20

Bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni) poderão estudar na Universidade de Salamanca, na Espanha. O acordo que cria o programa de estudos superiores será assinado nesta terça-feira, 26, entre a instituição e o Ministério da Educação (MEC).   Veja também: BB passa a oferecer financiamento estudantil pelo Fies   Os estudantes vão ocupar vagas de graduação na universidade espanhola e receber auxílio financeiro para que possam permanecer naquele país até que se formem. Segundo o MEC, a seleção dos bolsistas seguirá os critérios atuais do ProUni. Ou seja, os alunos deverão ter cursado todo o ensino médio em escola pública e precisam ser de famílias de baixa renda.   O número de vagas e cursos oferecidos ainda não está definido. Uma comissão formada por representantes dos países será responsável pela regulamentação do programa. O acordo terá validade de quatro anos e faz parte do tratado geral de cooperação firmado entre Brasil e Espanha em 1992.

Mais conteúdo sobre:
ProuniEspanhabolsa de estudo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.