Reprodução
Reprodução

Bibliotecas no computador

Livros que caem nas provas e obras importantes que ajudam a compreender o Brasil estão disponíveis de graça em acervos digitais

VIVIANE ZANDONADI- ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S. Paulo

29 Maio 2015 | 18h45

Escritor e ensaísta argentino, hoje cidadão canadense, Alberto Manguel não pode ser acusado de ser fã de tecnologia ou da digitalização de livros. Gosta de viver no meio deles. Há alguns anos transformou um antigo celeiro medieval em biblioteca numa casa que conseguiu comprar no interior da França. Sobre o lugar dos livros e das bibliotecas na cultura humana, Alberto Manguel escreveu em A Biblioteca à Noite, lançado no Brasil pela Companhia das Letras: “O mero fato de sabermos que os livros de uma biblioteca são arrumados segundo uma regra, seja ela qual for, confere-lhes identidades prévias, mesmo antes de abrirmos suas páginas.”

Para quem como Manguel gosta de bibliotecas e de livros, para quem precisa estudar livros que não pode ter e para quem transita com naturalidade nos corredores virtuais de uma biblioteca importante, listamos quatro sites onde é possível ler e consultar, em alguns casos baixar sem nenhum custo, livros como os da extraordinária coleção do bibliófilo José Mindlin e sua mulher Guita e obras que sempre são tema de vestibular no Brasil, além de outras referências importantes de literatura e história.   

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin

Guarda a coleção doada pelo bibliófilo José Mindlin e sua esposa Guita. Dos mais de 32.200 títulos acomodados no espaço físico, que fica na Universidade de São Paulo (USP), mais de 3 000 estão disponíveis para leitura e download no site da Brasiliana. É um extraordinário acervo digital sobre o Brasil e sua história. “O acervo doado à USP em 2006 reúne material sobre o Brasil ou que, tendo sido escrito e/ou publicado por brasileiros, seja importante para a compreensão da cultura e história do país. O conjunto é constituído por obras de literatura, de história, relatos de viajantes, manuscritos históricos e literários, documentos, periódicos, mapas, livros científicos e didáticos, iconografia e livros de artistas” diz a apresentação da versão online da Brasiliana.

Biblioteca Digital de Obras Raras

A Biblioteca Digital de Obras Raras da USP tem um acervo de valor histórico e documental em que diversos livros, folhetos, revistas, jornais e outras publicações dos séculos XV a XX. Todos convertidos em formato digital. O parâmetro de seleção de cada objeto é ele ser considerado raro e/ou precioso. Há desde obras antigas e edições especiais de livros até autógrafos de pessoas notáveis. Uma enorme seleção de imagens de Don Quixote de A documentação histórica da própria USP faz parte da coleção. De interesse especial, o site também oferece um vídeo curto que mostra como é feita a digitalização dos papeis

Open Library

Se você ama livros, por que não ajuda a construir uma biblioteca? Esse é um dos chamados da Open Library ao convocar novos leitores e, de certa forma, bibliotecários. Trata-se de uma biblioteca digital sem fins lucrativos criada pelo Internet Archive, mas que pertence a todo mundo que estiver a fim de ler, baixar ou pegar livros emprestados. As informações do catálogo – são mais de 1 milhão de obras – podem ser editadas e corrigidas por qualquer leitor, mais ou menos como ocorre no ambiente colaborativo e autorregulado da Wikipedia. Além de oferecer download e leitura online, o site também empresta livros eletrônicos.

Universia Livros

A biblioteca da Rede Universia, uma rede que integra universidades latino-americanas de 23 países, faz uma espécie de curadoria de clássicos da literatura brasileira e mundial, disponíveis para download gratuito. Há uma seção destinada a novos autores e editoras interessados em participar do projeto e distribuir suas obras pelo sistema, gratuitamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.