Bacharéis acham difícil exame da OAB-SP

O exame da seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) foi difícil, segundo muitos dos quase 30 mil bacharéis que fizeram a prova neste domingo. "Tive dificuldades em responder as questões de Direito Civil, mas tenho esperanças", disse Francisco Loia, de 36 anos, que se formou na Faculdade São Francisco e fez o exame pela primeira vez.Houve recorde de inscritos no Estado de São Paulo, onde a prova foi aplicada em 27 cidades. Só na capital 11.175 fizeram o exame, que durou quatro horas. Participar do exame é condição necessária para obter a carteira profissional de advogado.Encerramento do anoO exame ocorre nos meses de abril, agosto e dezembro, mas o último exame tem o maior número de inscritos por causa do encerramento do ano letivo. Em 2002, 54.774 candidatos participaram das três edições da prova, mas apenas 10.552 foram aprovados, o equivalente a 19,61% do total - índice mais baixo da história da OAB.Na cidade de São Paulo, os candidatos realizaram o exame nas duas unidades da Universidade Nove de Julho (Uninove) e na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap)."Sem sentido"Por volta das 11h00, a maioria dos bacharéis que esteve na Uninove da Barra Funda havia terminado a prova, que podia ser concluída até o meio-dia. Porém, poucos comemoravam a performance durante a avaliação.O formando da Universidade da Cidade (Unicid) Francisco Pasquini, de 30 anos, fez o exame pela quarta vez e saiu decepcionado. Marcelo Campos de Figueiredo, de 27 anos, que foi colega de classe de Pasquini, reclamou das perguntas. "Havia questões sem sentido, como a que perguntava quem determina o traje do advogado."Selos para faculdadesDe acordo com a OAB, o exame garante que o formando terá um bom desempenho na defesa dos clientes. Baseada nos resultados a entidade já lançou rankings e selos de qualidade para as faculdades.Os maiores índices de aprovação ficam sempre com a Faculdade de Direito do Largo São Francisco, a PUC-SP e a Universidade Mackenzie. O gabarito oficial da prova deve sair esta semana. Mais informações no site da OAB (www.oabsp.org.br).

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2003 | 11h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.