Auxiliares da educação do DF decidem em assembleia manter greve

Entre as reivindicações da categorias está a implantação imediata do Plano de Saúde

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

12 Maio 2011 | 16h34

São Paulo, 12 - Em greve desde a última segunda-feira, 9, os auxiliares de educação do Distrito Federal decidiram em assembleia feita nesta quinta-feira, 12, pela manutenção da paralisação, segundo o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar no DF.

Entre as reivindicações da categoria estão a convocação dos aprovados em concurso da SEE/DF, repasse do reajuste do Fundo Constitucional para a Carreira de Assistência a Educação, implantação imediata do Plano de Saúde, reajuste e pagamento do tíquete alimentação, entre outros.

Mais conteúdo sobre:
greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.