Após demissões, começam aulas de reposição na Unimep

A Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) iniciou nesta terça-feira, 30, as aulas de reposição do segundo semestre de 2006, para pelo menos 11 mil alunos de 52 cursos. As aulas vão até o dia 10 de fevereiro. O ano letivo foi interrompido após a demissão de 148 professores, anunciada no dia 7 de dezembro. Os professores fizeram greve para protestar contra a decisão. As aulas do calendário letivo de 2007 começam no dia 12 para veteranos e no dia 22, para os calouros. Os professores têm assembléias marcadas para os dias 2 e 7 de fevereiro, para avaliar o andamento das negociações com a reitoria. Nesta quarta-feira, 31, o Ministério Público do Trabalho realiza uma audiência de mediação com representantes da universidade e dos docentes, a pedido do Instituto Educacional Piracicabano (IEP).Depois de entrarem na Justiça por meio de suas associações representantes de classe, os professores conseguiram a determinação da reintegração ao quadro de funcionários da universidade. Segundo informou a Unimep, por meio de assessoria, dos 148 demitidos, 135 voltaram a dar aulas por meio de liminar. O processo na Justiça do Trabalho ainda não foi concluído. Os demais 13 professores renunciaram ao cargo, mas aguardam homologação na Justiça do Trabalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.