Após atrasos e corte de vagas, inscrições do Sisutec começam na 2ª

Aulas vão começar entre 3 e 31 de agosto; programa que dá vagas no ensino técnico é vitrine da presidente Dilma Rousseff

O Estado de S. Paulo

26 Junho 2015 | 14h08

SÃO PAULO - O prazo para que estudantes se increvam no Sisutec, plataforma online de seleção que reúne vagas do Pronatec, começa na segunda-feira, 29, e termina na sexta-feira, 3. Após três adiamentos pelo Ministério da Educação (MEC), o início das aulas do programa será entre 3 e 31 de agosto. O cronograma foi publicado nesta sexta-feira, 26, no Diário Oficial da União. 

Originalmente, o começo dos cursos estava previsto para 7 de maio. Com as restrições orçamentárias, porém, a pasta decidiu adiar a definição do número de vagas e também o início das classes do Pronatec, uma das principais vitrines do governo da presidente Dilma Rousseff. Primeiro, a data foi postergada para 17 de junho, depois para 27 de julho e, finalmente, para agosto.

Neste ano, a pasta também cortou dois terços das bolsas do programa - a queda foi de três milhões para um milhão. Foi o primeiro decréscimo desde a criação do Pronatec, em 2011.A meta do governo federal é criar 12 milhões de vagas até 2018. 

Candidatos que já terminaram o ensino médio e tiveram nota acima de zero na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. As inscrições são gratuitas e realizadas pela internet. Cada estudante poderá fazer duas opções de curso. 

Do total de vagas, 85% serão dadas para o público prioritário do programa: alunos da rede pública ou bolsistas integrais em colégios particulares. O preenchimento também segue os critérios da Lei de Cotas. Os cursos são ofertados em escolas públicas e privadas, além de vagas no Sistema S. A primeira chamada de selecionados será publicada em 7 de julho e a segunda, no dia 14, de acordo com o edital. 

Mais conteúdo sobre:
sisutec pronatec ensino técnico

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.