Após anúncio da Polícia Federal, MEC mantém Enem

Ministério considera que houve apenas o vazamento do texto motivador da redação

estadão.com.br

24 Novembro 2010 | 04h20

SÃO PAULO - O ministério da Educação (MEC) informou na madrugada desta quarta-feira, 24, que não vai cancelar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), programada para o dia 15 de dezembro. A instituição considera que o vazamento confirmado pela Polícia Federal, foi um fato isolado, porque vazou somente o texto motivador da redação.

 

Na terça-feira, a Polícia Federal encerrou as investigações sobre o suposto vazamento do tema da prova de redação, onde uma professora municipal de Remanso (BA) teve conhecimento do texto motivador da redação, duas horas antes do inicio do exame. Após ter tomado conhecimento, avisou ao marido, localizado em Petrolina (PE), que por sua vez, contou para o filho o tema da prova.

 

Com dúvidas, o candidato foi pedir dica aos seus professores sobre como escrever o tema "O Trabalho e Escravidão". Porém, o título era de um texto motivador da redação, pois o tema efetivo do exame era "O Trabalho na Construção da Dignidade Humana".

 

Em nota divulgada nesta madrugada, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) deverá eliminar o estudante do Enem 2010. Além disso, a instituição explicou que não é possível identificar o tema da redação por meio de "um simples olhar e que precisa de uma leitura atenta e acurada".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.