Reprodução
Reprodução

Alunos do Desocupa Já invadem primeira escola ocupada do Rio

Eles quebraram o cadeado para entrar; estudantes que estavam no local se trancaram em sala e só saíram com chegada da polícia

Constança Rezende, O Estado de S. Paulo

06 Maio 2016 | 12h51

RIO - Alunos do movimento Desocupa Já invadiram o Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha do Governador (zona norte), na manhã desta sexta-feira, 6. Os estudantes arrombaram o portão da escola, que havia sido trancado com cadeado por alunos da rede pública que ocupam o colégio desde 31 de março. Em um vídeo publicado no perfil Ocupa Mendes, do Facebook, é possível ver o confronto entre os estudantes que tentavam invadir a escola e os que já estavam lá.

Segundo o estudante Michel Policeno, de 18 anos, integrante do movimento Ocupa Mendes, os integrantes do Desocupa Já conseguiram quebrar o portão e entrar na escola por volta das 11h30. Michel contou que ele e outros ocupantes se trancaram em uma das salas do colégio, com medo de ataques do movimento contrário.

"Só nos destrancamos quando a polícia chegou, e os ânimos acalmaram. Eles querem que a gente faça uma eleição para votar a desocupação, mas não tem condições de isso acontecer agora. Muitos dos que invadiram o colégio não estudam aqui e nem sei se todos são estudantes", relatou ao Estado.

O Colégio Estadual Mendes de Moraes foi o primeiro do Rio a ser ocupado. Atualmente, 71 escolas participam do movimento. O Estado não conseguiu contado com os líderes do movimento Desocupa Já, que é contrário as ocupações.

Mais conteúdo sobre:
Ilha do GovernadorFacebook

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.