Alunos de Medicina da UFSCar têm audiência com secretária do ensino superior

Maria Paula Dallari conversa com estudantes sem aulas; crise se agravou quando reitor afirmou que procurassem outra instituição

Paulo Saldaña, Especial para o Estadão.edu

10 de maio de 2010 | 11h35

Alunos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) estão em reunião nesta manhã com a secretária do Ensino Superior do MEC, Maria Paula Dallari. Os estudantes do 5º ano do curso estão sem aulas práticas desde abril. 

 

A secretária está na instituição para fazer uma coletiva à tarde sobre o Sistema de Seleção Unificada do MEC e aceitou ouvir as queixas dos estudantes. A crise se agravou semana passada quando o reitor da instituição, Targino de Araújo Filho, afirmou que os alunos sem aula procurassem uma outra faculdade.

 

As aulas práticas realizadas na Santa Casa da cidade foram canceladas no último mês, pois a UFSCar não paga a entidade há dois meses. Um hospital-escola está em construção, mas só deve ficar pronto para o uso no segundo semestre.

 

Paula Rossi, de 24 anos, no 5º ano de Medicina, afirmou que os alunos estão "preocupados e indignados".  "Estamos com sentimento de abandono." Já seu colega Renan RamosMaragoni, de 23 anos, quer ver a situação resolvida: "Vamos apresentar a situação dos estudantes ao MEC, saber quais informações eles têm e qual será sua postura a respeito". 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.