DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Alunos da UFSCar fazem BO contra grupo que atrapalhou prova

Segundo um estudante, grevistas se dirigiram ao lado da janela da sala com panelas e instrumentos musicais

ISABELA PALHARES, O Estado de S. Paulo

22 Junho 2016 | 21h36

SÃO PAULO - Alunos do câmpus de Araras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) disseram ter registrado um boletim de ocorrência na tarde de terça-feira, 21, após um grupo de estudantes grevistas atrapalhar a realização de uma prova do curso de Agronomia. 

Segundo um estudante, que não quis ser identificado e que estava fazendo a prova no momento da interrupção, um grupo se dirigiu ao lado da janela da sala com panelas e instrumentos musicais quando soube da realização da prova.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFSCar divulgou uma nota em que diz ter realizado o piquete para “barrar aqueles que não respeitam a decisão da maioria, em assembleia”. Em outro informe, o diretório afirma que a paralisação no câmpus de Araras tem como pautas o governo interino de Michel Temer e o corte de bolsas nas universidades. Também reivindicam a criação de creche para os filhos de alunos e servidores e abertura do restaurante e biblioteca no período noturno.

Nas redes sociais, o grupo UFSCar Livre, contrário à greve, disse que os piquetes e a interrupção de atividades acadêmicas é um “desrespeito” com alunos e professores. “Quando colocam os direitos individuais pra fora da jogada, o movimento se mostra falho e desrespeitoso”, diz. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.