Alunos da São Marcos prometem fazer ato contra fechamento

Manifestação deve ocorrer neste sábado, na Avenida Paulista

Paulo Saldaña, de O Estado de S. Paulo,

23 Março 2012 | 21h59

Alunos da Universidade São Marcos, de São Paulo, prometem fazer um protesto neste sábado, 24, contra a decisão do Ministério da Educação de fechar a instituição. O ato está marcado para as 13 horas, no vão livre do Masp, na Avenida Paulista.

 

Na noite desta sexta-feira, o câmpus no Ipiranga tinha aulas normais. O novo prédio da instituição, na Vila Clementino, entretanto, estava fechado. Alguns alunos não sabiam e foram até o câmpus, mas tiveram de voltar para casa.

 

A São Marcos enfrentava grave crise administrativa e permanece sob intervenção judicial. O MEC informou que vai cobrar a universidade para que transfira os cerca de 1,8 mil alunos da instituição. A pasta exige que a São Marcos providencie a entrega da documentação acadêmica, como histórico escolar e ementas de disciplinas, em até 90 dias. Também deverá se responsabilizar pela guarda do acervo acadêmico.

 

O MEC oficializou o descredenciamento da instituição na quinta-feira, 22. Entre as irregularidades verificadas estão, segundo o MEC, a falta de ato de recredenciamento da instituição, o descumprimento de medida cautelar de suspensão de novos ingressos e das medidas de saneamento determinadas pelo MEC em 2011 durante o processo de supervisão, constatação de inviabilidade financeira e desorganização acadêmica e administrativa da instituição.

 

A oficialização do descredenciamento será publicada na segunda-feira no Diário Oficial da União. A São Marcos diz que vai se reunir com o MEC na segunda e não descarta recorrer à Justiça contra o fechamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.