Alunos da São Francisco promovem ato pela criação de uma 'Comissão da Verdade'

Encontro contará com a presença de ex-aluno torturado durante a ditadura militar

Cristiane Nascimento, especial para Estadão.edu,

10 Setembro 2012 | 18h40

Na próxima quinta-feira, 13, a Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da USP, recebe Rubens Gatto, ex-aluno da instituição, preso durante a ditadura militar (1964-1985). Na ocasião, Gatto irá relatar, pela primeira vez em público, detalhes de sua prisão e das torturas que sofreu na época.  

No ato promovido pelos alunos da instituição, será lançada uma proposta à congregação da universidade pela instauração formal de uma "Comissão da Verdade da São Francisco". "Mesmo com a redemocratização, a USP mantém ainda laços com a estrutura autoritária que existiu durante a ditadura", diz Carla Vitória Oliveira Barbosa, de 21 anos, aluna do segundo ano de Direito. "Um exemplo claro disso é o regimento disciplinar da universidade, criado em 1972", diz.

A estudante aponta a possibilidade de sanções em caso de manifestações ou propagandas de caráter político-partidário, racial ou religiosa como um dos conteúdos do regimento que acredita ser descabido para a atualidade. Segundo Carla, além de investigar as possíveis violações de direitos humanos que ocorreram dentro da instituição no período em questão, a Comissão pretende pressionar a universidade pela criação de um novo estatuto.

Este é o segundo ato promovido em 2012 com o mesmo intuito. Em maio, alunos, professores e juristas se reuniram para uma discussão acerca da validade dessa comissão.

Questionada pelo Estadão.edu quanto ao seu posicionamento diante da proposta dos alunos da faculdade, a reitoria da USP manifestou-se em nota, afirmando que  "toda a movimentação em busca da verdade, dentro e fora da universidade, deve ser apoiada".

O encontro está previsto para ocorrer a partir das 11 horas, no Pátio das Arcadas da faculdade. Estarão também presentes Antonio Magalhães Gomes Filho, diretor da São Francisco, e Maria Rita Kehl, membro da Comissão Nacional da Verdade.

Mais conteúdo sobre:
ditadura usp são francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.