Alunos da rede pública de SP concorrem no Festival do Minuto

Estudantes podem fazer vídeos até no celular; prêmio para vencedores é um lap top

14 Julho 2010 | 15h36

Um dos mais conhecidos festivais de vídeo da América Latina, o Festival do Minuto, vai estimular alunos da rede pública a produzir videos de até 60 segundos. O concurso vai de 1º de julho a 23 de outubro.

 

O projeto Minuto na Escola, apoiado pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, terá tema livre e duas categorias: uma para o ensino fundamental, até os 14 anos, e outra para o ensino médio, dos 15 anos aos 18 anos.

 

"O festival é uma excelente oportunidade para os professores trabalharem diversos conteúdos", diz o cineasta criador e curador do evento, Marcelo Masagão. O material poderá ser produzido em qualquer mídia - celular, câmera digital, mini-DVD, VHS, entre outros).

 

Os trabalhos, após concluídos, devem ser enviados para os site do Minuteeen, no caso dos alunos do ensino fundamental, ou para site do próprio Festival do Minuto, no caso dos estudantes do médio.

 

Ao todo, 4.300 escolas estaduais e 3,4 milhões de alunos participantes, em todo o Estado de São Paulo. Eles concorrem a seis laptops, três para os melhores vídeos do ensino médio e três para os melhores do fundamental.

 

Em novembro, serão anunciados os vencedores em uma cerimônia de premiação e exibição dos vídeos contemplados.

 

Para saber mais como participar, clique no site do festival.

 

Mais conteúdo sobre:
festival do minuto rede pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.