Alunos da Fatec-SP fazem acampamento

Cerca de 20 alunos das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) de São Paulo estão acampados em frente à Assembléia Legislativa desde sábado e dizem que lá permanecerão até quarta-feira.Depois de quase quatro meses de paralisação, os professores voltaram a trabalhar no dia 7 de maio, mas os alunos se dizem ainda em estado de greve. Eles defendem mais verbas para a instituição, na proporção de 2,1% do ICMS do Estado.Na pauta de reivindicações estão também a permanência do status de seus cursos como de graduação acadêmica. Segundo o Centro Acadêmico 23 de Abril, o governo paulista tem projeto de transformação das faculdades em Centros Tecnológicos Regionais, o que tornaria seus cursos profissionalizantes.Os estudantes reivindicam ainda a substituição do superintendente das Fatecs e Escolas Técnicas estaduais, Marcos Antônio Monteiro, e eleições diretas e paritárias para o cargo.Neste domingo, o Centro Paula Souza, que administra as Fatecs, realizou seu vestibular. Os mais de 5 mil candidatos concorrem a 840 vagas em 19 cursos.

Agencia Estado,

28 de junho de 2004 | 10h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.