Alunos cineastas rumo ao México

Colégio paulistano vai representar País em seletiva latina; competição é voltada para alunos do ensino médio

Paulo Saldaña, Especial para o Estadão.edu

26 Abril 2010 | 15h09

O colégio Dumont Villares, do Morumbi, zona sul de São Paulo, vai representar o País na seletiva latina da competição de vídeos digitais de alunos do ensino médio Kid Witness New (KWN), que será realizada no México de 16 a 18 de maio.

 

 

O Dumont Villares foi o vencedor da etapa nacional, superando outras quatro escolas paulistanas: Bandeirantes, Pioneiro, CEB e Augusto Ruschi.

 

 

Assista aos cinco vídeos:

"Saudades" - colégio Dumont Villares

"Pilhas" - Centro Educacional Pioneiro

"Meio Mensagem" - CEB

"Música" - colégio Bandeirantes

"Preconceito", da escola Augusto Ruschi

 

 

A equipe vencedora produziu um vídeo a partir do tema saudade. O estudante Vitor Saporito Martins, de 15 anos, diz que eles e os colegas não perderam tempo em discussões. “Pegamos uma câmera, propusemos uma ideia e fomos filmar. Tudo ficou pronto em uma semana”, disse ele, que operou o equipamento e ainda assinou a direção.

 

 

O vídeo tem 5 minutos e conta a história de uma adolescente que, apesar de ter acesso à internet e ao celular, precisa escrever cartas para o pai, que está preso. “Fizemos um misto de ficção e documentário, entrevistamos até a mulher de um presidiário”, diz Vitor. A experiência motivou o estudante a rever seus planos futuros. Se até o ano passado ele tinha certeza que faria Gastronomia, estudar Comunicação na faculdade passou a ser uma opção.

 

 

Se o colégio vencer os concorrentes latinos, Vitor e os colegas seguirão para a grande final, no Japão. "Essa é minha primeira viagem internacional, mas já estou com expectativa de ir para Toquio". Criado pela Panasonic em 1989, o KWN já reúne 1.020 escolas de 32 países.

 

Mais conteúdo sobre:
audiovisualKWN

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.