Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Aluna de SP será 'senadora' por 3 dias

Vencedora de concurso de redação promovido pelo Senado irá a Brasília pela primeira vez

Mariana Lenharo, Jornal da Tarde

14 Novembro 2011 | 10h21

Ninguém entendeu quando a estudante Jaqueline Kelly Canuto, de 16 anos, começou subitamente a pular na fila para recarga do bilhete único. A alegria vinha da notícia que acabara de receber pelo celular: era a vencedora da etapa estadual do 4.º Concurso de Redação do Senado. 

Aluna do 2.º ano do ensino médio da Escola Estadual João Amos Comenius, da zona sul da capital, ganhou um notebook e uma viagem a Brasília para participar do Projeto Jovem Senador, ao lado de outros 26 jovens que representarão seus Estados.

O embarque rumo à capital federal, onde Jaqueline viverá três dias de “senadora”, com agenda lotada das 9h às 21h, é amanhã (terça). "Estou nervosa e ansiosa. Recebi o cronograma das atividades e tem muito para aprender, será proveitoso." É a primeira vez que ela sai do Estado. Vive na Vila Santa Catarina, zona sul, e sempre estudou em escola pública. A mãe, auxiliar administrativa e o pai, motorista, estão orgulhosos da filha.

Este ano, o tema proposto pelo Senado foi “O Brasil que a gente quer é a gente quem faz”. Jaqueline escolheu focar sua redação na importância do voto, “principal manifestação de cidadania”. “É fácil colocar a culpa nos políticos, mas quem os elege somos nós”, diz. Agora, que fez 16 anos, está prestes a tirar o título de eleitor.

Credita a facilidade para escrever ao fato de ler muito. “Comecei com Harry Potter. Aí fui procurando outros e hoje leio de tudo.” Apesar do gosto pela escrita, não é só na aula de português que ela presta atenção. Pelo contrário, se dá muito bem com as exatas. “Modéstia à parte, sou uma boa aluna. É o que os professores dizem.”

Faz inglês e teatro e coordena atividades do grupo de jovens da igreja católica. Tem dúvidas quanto ao curso que deve prestar no vestibular. A primeira ideia foi Teologia. Agora, decide entre Artes Cênicas (porque é apaixonada por teatro) e Economia (porque adora matemática).

Mais conteúdo sobre:
Educação Senado Simulação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.