Ricardo Lima
Ricardo Lima

Alckmin nomeia físico Marcelo Knobel para cargo de reitor da Unicamp

Professor venceu em primeiro turno consulta à comunidade; para ele, crise financeira da instituição será o desafio da nova gestão

O Estado de S. Paulo

04 Abril 2017 | 21h27

O governador Geraldo Alckmin nomeou nesta terça-feira, 4, o físico Marcelo Knobel, de 48 anos, para o cargo de reitor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Com 52,6% dos votos, Knobel venceu em primeiro turno a consulta à comunidade para escolha do novo reitor. 

O físico ficará no cargo por quatro anos e será o 12º reitor na linha de sucessão de Zeferino Vaz (1966-1978), fundador da Unicamp. A nomeação vai ser publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, 5. 

Knobel é professor titular do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) e foi pró-reitor de Graduação da Unicamp entre 2009 e 2013. A química Tereza Atvars será sua vice-reitora. Ela foi pró-reitora de Pós-Graduação da instituição entre 2005 e 2009 e pró-reitora de Desenvolvimento Universitário de 2013 a 2016.

Em entrevista ao Estado em 20 de março, Knobel disse que a crise financeira pela qual a instituição atravessa continuará a ser o grande desafio da gestão. A Unicamp terminou o ano passado com um déficit de R$ 229,5 milhões, já que gastou mais com a folha de pagamento dos servidores do que os R$ 1,98 bilhão que recebeu do governo do Estado - principal fonte de receita da instituição.

Para Knobel, o momento exigirá uma gestão financeira moderna e eficiente. Ele também defendeu que será necessário um maior diálogo com o governo estadual.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.