Alckmin e Chalita defendem a progressão continuada

O governador Geraldo Alckmin e o secretário estadual da Educação, Gabriel Chalita, rebateram nesta quinta-feira as críticas feitas pelo ministro da Educação, Cristovam Buarque, ao sistema de progressão continuada. "Não há dúvida de que esse é o melhor sistema?, disse Alckmin."Eu não ouvi críticas do ministro, ouvi o presidente Lula. Mas se o ministro falou, está entrando em contradição porque em muitos momentos ele defendeu a progressão continuada", disse o secretário Chalita. "Aliás, na última reunião do Consed, ele disse que ir contra a progressão continuada era ir contra a escola para todos, que nós sonhamos." Para Chalita, as críticas de Lula vêm da falta de informação sobre o modelo de progressão continuada. "Ele disse que precisa avaliação, prova. O prediente está mal informado porque na progressão continuada você tem provas", disse Chalita. Segundo o secretário paulista, a diferença entre o sistema de progressão continuada e de não progressão é apenas a questão do ciclo. "Na continuada você tem um tempo maior para que ocorra o processo de aprendizagem, na outra, o tempo é menor", disse Chalita. "Estamos aperfeiçoando o sistema, avaliando mais, para detectar os problemas mais rapidamente e poder direcionar investimetnos para solucionar esses problemas", disse Chalita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.