Acre pede R$ 7,5 milhões para erradicação do analfabetismo

O governador do Acre, Jorge Vianna, espera que o MEC contruibua com R$ 7,5 milhões para o programa de erradicação do analfabetismo no Estado. Vianna foi apresentada ao chefe da Secretaria Nacional Extraordinária de Erradicação do Analfabetismo, João Luiz Homem de Carvalho, nesta quinta-feira. O Acre tem cerca de 550 mil habitantes, dos quais 83 mil são analfabetos. A Pirelli doou R$ 4,5 milhões para o programa.No encontro, foi feita uma proposta de parceria entre o Ministério da Educação, o governo estadual e prefeituras municipais. O acerto deverá ser feito em audiência ainda sem data prevista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.