Abstenção aumenta no 2º dia de prova da Unesp

O número de abstenção no vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp) voltou a crescer no segundo dia de prova. No total, 12,6% dos cerca de 90 mil vestibulandos deixaram de fazer o exame, 1,5% a mais que no ano passado. Na primeira etapa, 11,3% dos candidatos já tinham faltado na prova.Para Fernando Prado, diretor da Fundação Vunesp, o alto índice de abstenção na prova de hoje pode estar relacionada com a data da prova. "Nós demos mais de 12 mil isenções de taxa de inscrição. Normalmente, esses candidatos carentes trabalham e hoje é um dia útil, dia de trabalho", explicou.Nessa segunda-feira, as provas eram específicas e as 25 questões foram distribuídas de acordo com o curso pretendido pelo vestibulando. Quem fez a prova de ciências biológicas teve que responder dez perguntas de biologia, seis de química, cinco de física e quatro de matemática. Já a prova de exatas era composta por dez questões de matemática, nove de física e seis de química. Por fim, os candidatos da área de humanas enfrentaram dez questões de história, nove de geografia e seis de língua portuguesa. A última etapa do processo seletivo da Unesp acontece amanhã. A prova será exclusivamente de português e igual para todos os candidatos. Os resultados saem no dia 4 de fevereiro.Confira as questões resolvidas

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2004 | 19h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.