A 2ª fase, na visão de quem corrige

Coordenadores dos vestibulares das estaduais paulistas dizem como funciona a análise da etapa discursiva

Carlos Lordelo, do Estadão.edu,

11 Dezembro 2012 | 00h16

UNESP

Cerca de 80 professores corrigem as redações. Eles são treinados após a prova, para afinar os critérios da análise. Para avaliar as questões, a Unesp destaca cerca de 200 pessoas. Um professor corrige e outro revisa a nota; se não houver acordo, todos os docentes que corrigem aquela questão específica deverão entrar em acordo sobre a pontuação

FUVEST

Os 120 corretores da redação devem ter formação em Letras e não podem trabalhar em cursinho ou no 3º ano. Eles são capacitados antes da prova. Curiosidade: só os supervisores podem dar nota zero ou dez aos textos. Na parte discursiva, os 500 professores verificam se o aluno respondeu conforme um modelo preestabelecido pela banca

UNICAMP

Cada questão vale 4 pontos, distribuídos em duas perguntas. Ao contrário da Unesp e da Fuvest, o corretor A não sabe a nota que o corretor B deu àquele mesmo item. Quando há divergência superior a 2 pontos numa questão, quem desempata é o professor que criou a pergunta. A banca tem 180 pessoas, entre docentes e pós-graduandos

4 dicas para as provas:

1. Não fuja do tema da redação e faça um texto de gênero dissertativo na Fuvest e na Unesp

2. Planeje os pontos de sua redação e escreva uma versão prévia na folha de rascunho

3. Não encha linguiça: as respostas das questões devem ser concisas e falar do que foi perguntado

4. Não leve celular para a Unicamp; 103 infringiram a regra e foram excluídos na 1ª fase

Para marcar na agenda

Unesp

16 e 17 de dezembro

36 questões discursivas, mais a prova de redação

vestibular.unesp.br

Fuvest

6 a 8 de janeiro de 2013

38 questões discursivas, mais a prova de redação

www.fuvest.br

Unicamp

13 a 15 de janeiro de 2013

72 questões discursivas

www.comvest.unicamp.br

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.