630 mil participam da 2ª fase da Olimpíada de Matemática

Dos 14,2 milhões de estudantes, distribuídos por 32.655 escolas em todo o País, inscritos para a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), 5% - aproximadamente 630 mil - participarão da segunda fase da competição, a ser realizada no dia 18 de novembro. A Obmep - uma promoção do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), em parceria com o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) - busca estimular o aperfeiçoamento dos professores e o interesse dos estudantes, além de identificar e fomentar o ingresso de jovens talentos da rede pública nestas áreas.A competição também ajuda a incluir alunos com necessidades especiais. Segundo Mônica Souza, coordenadora geral da Obmep, o evento oferece toda a estrutura necessária para atender a esses estudantes.O estudante Paulo Santos Ramos, 17 anos, é um exemplo de como a inserção desses alunos nessas competições é viável e necessária. Paulo estuda na Escola-Classe da 405 Sul, em Brasília, é deficiente visual, usa cadeira de rodas e possui apenas 30% de audição no ouvido direito devido a uma artrite reumatóide. No entanto, nada disto o impediu de participar da Obmep 2005 e ser o único aluno com deficiência a ganhar uma medalha de ouro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.