6 Colégio Mater Amabilis

Guarulhos

Karina Toledo, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2009 | 00h39

Fundada há 40 anos, a escola figura pela primeira vez entre as 10 melhores de São Paulo. Para o mantenedor Carlos Eduardo Portela, a colocação se deve ao fato de a Fuvest ter passado a considerar a nota de redação do Enem em seu vestibular. "Antes os alunos não davam tanta importância à redação, concentravam-se mais nas questões objetivas. Com a mudança, passaram a se dedicar mais à elaboração do texto, e nossos alunos escrevem muito bem", afirma.

 

linkEspecial: tudo sobre o Enem

linkRanking: as 1000 escolas mais bem colocadas

linkEscola particular para carentes é a 1ª do Enem em São Paulo

documento Veja a lista completa do Enem em todo o País

 

O colégio tem hoje 1.900 alunos, sendo 413 do ensino médio. Sua proposta pedagógica visa a estimular a busca do conhecimento e a participação em ações sociais. "Buscamos promover nos estudantes a autonomia, os professores atuam como mediadores do debate", diz Portela.

 

Segundo ele, a escola oferece infraestrutura para que o aluno permaneça após o período de aula e participe de atividades extracurriculares. "Contamos com restaurante, cantina, ginásios poliesportivos, biblioteca e anfiteatro."

 

Não há processo seletivo para novos alunos, mas é aplicada uma prova para avaliar o nível de conhecimento dos ingressantes. "Se verificado que o aluno possui deficiências, podemos encaminhá-lo para aulas de reforço, por exemplo."

 

A partir do 6º ano do ensino fundamental, escola utiliza material apostilado do Sistema de Ensino Poliedro. Para ajudar na escolha da carreira, os estudantes do ensino médio podem cursar matérias optativas como linguagem arquitetônica, jornalismo, publicidade e relações internacionais. A mensalidade para esses alunos é de R$ 1.080.

Tudo o que sabemos sobre:
Enemeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.