Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

43% das instituições públicas de ensino superior têm notas altas; entre as privadas, taxa é de 21%

Avaliação federal mediu desempenho de 2.070 faculdades em todo o País e só 46 obtiveram nota máxima; veja a lista

Júlia Marques, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2021 | 11h34
Atualizado 23 de abril de 2021 | 13h43

Quatro em cada dez instituições públicas de ensino superior obtiveram as notas mais altas em uma avaliação federal de qualidade; já entre as privadas, 21% alcançaram esse patamar. Os dados sobre o desempenho das instituições de ensino superior foram divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC). 

Foram avaliadas 2.070 instituições em todo o País. Os indicadores de qualidade são expressos pelo Índice Geral de Cursos (IGC), em uma escala de 1 a 5, sendo 5 a nota máxima e as notas 1 e 2 consideradas "insuficientes".

Entre as 245 universidades públicas avaliadas, 107 (43,6%) alcançaram as notas 4 e 5 no IGC, as mais altas.  Já entre as 1.821 instituições particulares de ensino avaliadas, 386 chegaram aos índices 4 e 5, o que corresponde a 21% dos cursos desse tipo avaliados. Só 28 das particulares alcançaram a nota máxima.

As instituições públicas federais são as que têm o melhor desempenho. Quase 71% das instituições de ensino superior desse tipo estão nas faixas 4 e 5. Nenhuma instituição pública obteve nota 1. Já entre as privadas, 6 ficaram com nota 1 e 232 tiveram nível 2. 

"As universidades tendem a concentrar seus conceitos nas faixas maiores do IGC, as faixas 4 e 5", explicou Ulysses Teixeira, coordenador de Controle de Qualidade da Educação Superior do Inep, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira para apresentar os dados. 

Considerando a totalidade de instituições avaliadas, apenas 2% obtiveram nota máxima. Em números absolutos, 46 instituições alcançaram o maior IGC. A maior parte do total de instituições de instituições de ensino avaliadas (68%) ficou na faixa 3. A nota 4 abarcou um quinto (22%) das faculdades e universidades e a nota 2, 12,1%. 

Em termos relativos, os Estados de Espírito Santo, Rio e Rio Grande do Norte tiveram os melhores resultados no IGC 2019. Eles obtiveram 9,2%, 6,7% e 4,2% de suas instituições, respectivamente, com nota 5. Já o Rio Grande do Sul, o Ceará e o Distrito Federal tiveram o maior número proporcional de instituições com IGC 4.

O cálculo  para chegar ao IGC leva em conta a média do Conceito Preliminar de Curso (CPC), considerando o último Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), prova aplicada para quem está terminando o curso. Também foi considerada a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação e a distribuição dos estudantes entre as diferentes etapas de ensino superior (graduação ou pós).

Os dados do IGC subsidiam a definição de políticas públicas para a área e podem servir de critério para a autorização de oferta de cursos de pós-graduação stricto sensu a distância.

Veja a lista das faculdades e universidades que obtiveram nota máxima

  • Escola Brasileira de Economia e Finanças  
  • Escola de Ciências Sociais  
  • Escola de Economia de São Paulo  
  • Instituto Militar de Engenharia (IME)
  • Universidade Estadual de Campinas  (Unicamp) 
  • Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
  • Faculdade Fucape    
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
  • Escola de Direito de São Paulo - FGV Direito SP  
  • Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia  
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  
  • Instituto Nacional de Ensino Superior e Pós-Graduação Padre Gervásio
  • Faculdades EST  
  • Faculdade de Direito de Vitória  
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)  
  • Escola de Matemática Aplicada  
  • Faculdade Norte Capixaba de São Mateus    
  • Faculdade São Leopoldo Mandic  
  • Faculdade de Teologia de São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil  
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)  
  • Faculdade do Espírito Santo  
  • Universidade Federal do Sul da Bahia  (UFSB)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)  
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)  
  • Faculdade São Geraldo  
  • Escola de Direito do Rio de Janeiro 
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Universidade Federal de Lavras (Ufla)
  • Escola de Administração de Empresas de São Paulo  
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
  • Faculdade Fipecafi 
  • Faculdade de Balsas  
  • Fundação Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Universidade Federal do Paraná  (UFPR)
  • Faculdade Católica do Rio Grande do Norte  
  • Faculdade Ari de Sá 
  • Faculdade Cristã de Curitiba  
  • Faculdade de Castelo - Multivix Castelo 
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro  
  • Centro Universitário Brasileiro  
  • Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa São Paulo  (Famerp)
  • Faculdade Escola Paulista de Direito  
  • Faculdade de Tecnologia Saint Paul  
  • Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.