406.076 fazem provas do Enade 2006; abstenção é de 17%

As provas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2006 foram realizadas no último domingo, 12, com a presença de 83% dos alunos selecionados para participar do exame. De uma amostra total de 488.906 estudantes, 406.076 compareceram aos 2.081 locais de prova, em 871 municípios de todas as 27 unidades da Federação.O Enade avaliou este ano 5.388 cursos, distribuídos por 15 áreas do conhecimento e oriundos de 1.619 instituições de ensino superior. Os alunos de Psicologia obtiveram o maior índice de presença no Enade: 88,4%. As provas de Administração, Direito e Comunicação Social, cursos com o maior número de participantes, foram realizadas com 82,4%, 83,6% e 80,4% dos estudantes, respectivamente. Apenas em três áreas do conhecimento menos de 80% dos selecionados compareceram: Arquivologia, Biblioteconomia e Design, informa o Ministério da Educação (MEC).Os maiores índices de presença regionais foram registrados na Região Sul, onde 85,8% dos alunos selecionados participaram do exame. Entretanto, o Estado com o maior percentual de presentes foi da Região Sudeste: Espírito Santo (87,6%). O Maranhão (76,5%) e o Distrito Federal (76,7%) foram as unidades da Federação em que, porcentualmente, menos estudantes compareceram às provas. Responsável pela realização da prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informa que quem faltou ao exame terá de justificar a ausência sob pena de ser impedido de colar grau. O prazo para envio das justificativas é 31 de dezembro. Elas serão analisadas e julgadas por uma comissão nomeada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad. Na justificativa devem ser anexados documentos que comprovem a impossibilidade de comparecimento, como boletim de ocorrência, atestados e laudos médicos. As justificativas devem ser encaminhadas ao Inep, localizado na Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo II, 4º andar - sala 422, CEP 70047-900, Brasília, Distrito Federal.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2006 | 18h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.