Sem competitividade agressiva

Estadão

13 Agosto 2010 | 10h39

Queria antes de tudo pedir desculpas por não ter postado na semana passada, tive alguns probleminhas técnicos… Creio que agora não terei mais nenhum problema. Peço mais uma vez que me desculpem. Estamos no último semestre, o mais aguardado de todos. Ainda temos muitos desafios até o final, mesmo assim a ansiedade pode acabar consumindo muitos. Vale dizer que em uma escola Waldorf as atividades não são focadas exclusivamente no vestibular, não cultuamos a agressiva competitividade excessiva de muitos outros colégios.

A educação Waldorf é focada no ser humano desde o princípio ao fim.

Talvez muitas pessoas pensem que em uma escola Waldorf os alunos só tenham aulas de artes. Até é compreensível que se pense assim, mas asseguro que nós também temos aulas de matemática, física, química, entre tantas outras. É verdade, o método adotado não é convencional, não seguimos nenhuma apostila ou livro, mas as aulas não deixam de ser parecidas com as aulas de escolas tradicionais.
 
Ao contrário da maioria das escolas, as aulas de artes são práticas; quase tudo que você só leu na teoria em uma aula, nós realmente fazemos na prática. Pintamos com tinta aquarela, fazemos esculturas com argila, desenhos com carvão, lápis, caneta, até trabalhamos com madeira. Em resumo: saímos das páginas dos livros e criamos no mundo real. E, sim, como toda matéria tem suas atividades boas e… as nem tão boas.
 
No próximo post relatarei mais sobre outras matérias que só em escolas waldorfs você poderia ter.

Sabrina está no 3º ano do ensino médio da escola Waldorf Micael

Mais conteúdo sobre:

artesaulaswaldorf