Quando o QI realmente importa?

Estadão

22 Novembro 2010 | 10h42

Na longa jornada que separa a minha casa do hospital – não raramente sinto que fazer o caminho de Santiago de Compostela de cócoras leva menos tempo – resolvi deixar de ser egoísta, me desfazer da capa de DJ ( do meu carro) e dar uma escutada no que estava acontecendo nas rádios de São Paulo. A primeira frase do locutor foi : “ Ouça agora mais uma dica de saúde com nossa especialista no assunto”. Curiosa que sou, aumentei o volume e agucei o sentido, para ouvir esta pérola de nossa especialista:

“Bom dia pessoal. Hoje vamos responder mais uma perguntinha sobre SA- Ú – DÊ! A pergunta do nosso ouvinte Marcelo é : Durante a prática da natação é necessário beber água? Marcelo, durante a prática de qualquer atividade física, o consumo de líquidos é muito importante, inclusive na natação. Mesmo estando dentro da água, nós perdemos líquidos! Acredite! Mas, ainda é bem importante lembrar que não se deve consumir a água da piscina ou do mar, essa água contém substâncias que podem ser prejudiciais à saúde e não contribuir na hidratação de seu corpo. Bom, por hoje é só!Aproveitem o dia com SA – Ú – DÊ!!”

Duro de acreditar, não é mesmo? Como a nossa querida especialista nos presenteia com uma dica dessas e perde a oportunidade de avisar que não se deve fazer xixi na piscina, pois fica azul!

E nesse dia tive mais uma importante lição sobre como o QI (Quem Indica) pode promover uma personal trainer com voz Disney a especialista em saúde.

Mariana é enfermeira e pós-graduanda da USP

Mais conteúdo sobre:

dicasQI; saúderádio