Os “dançarinos” do Enem

Estadão

11 Novembro 2010 | 10h09

Erros de impressão, falha na segurança, restrições não-respeitadas. Essas foram algumas das “surpresas” geradas pelo Enem, aplicado no último fim-de-semana. Desse emaranhado de caos, o que mais me chamou atenção não foi o erro do gabarito ou da prova amarela. Mas sim, a má-fé de alguns candidatos que utilizaram o twitter para colar durante a aplicação da prova. Esses que, segundo o Inep, “dançaram no Enem”.

É muito triste ter de assistir à incompetência do MEC e à falta de ética desses candidatos. Atitudes dessa natureza, além de denegrir a imagem do estudante, acabam justificando o descaso no qual a Educação está mergulhada. Pior que o Enem, só mesmo as escolas públicas.

Espero que os candidatos que colaram sejam punidos e, caso venham a passar no vestibular, tenham a matrícula barrada. Já temos muitos estudantes e profissionais desonestos e incompetentes por aí. Não precisamos de mais.

Bianca estuda por conta própria para entrar em Letras