Muito assunto em apenas um ano

Estadão

24 Agosto 2010 | 09h05

Não sei se vocês sabem que o vestibular da Fuvest tem duas fases. Na primeira, temos que responder a 90 questões de todas as matérias do ensino médio, em cinco horas. Elas são do tipo múltipla escolha. O difícil mesmo é a segunda fase, em que precisamos fazer TRÊS provas, em dias diferentes. Quer dizer, eu, que vou prestar para Administração, vou fazer três provas. Tem gente que faz QUATRO, sendo uma de habilidades específicas.

Ano passado me dei mal na segunda fase. É muito cansativo fazer tantas provas. E as questões da segunda fase são todas dissertativas. Por isso que, neste ano, estou treinando bastante a escrita. Fazendo aulas de redação, por exemplo.

Na semana passada fiz mais um simulado, lá no Etapa, da segunda prova da segunda fase. São 20 questões de todas as matérias, menos português, e tem umas que são interdisciplinares. Misturam matemática e biologia, por exemplo. Minha meta é fazer um simulado desse a cada 15 dias, até o vestibular.

A gente tem só quatro horas para responder a todas as questões. Começo com as mais fáceis, de matérias que tenho mais facilidade – história, geografia, biologia – e deixo sempre matemática e física por último. Se não der tempo de fazer todas, pelo menos deixo em branco as que eu menos saberia fazer.

No vestibular do ano passado, mal consegui fazer as questões de matemática. Por falta de tempo e por minha dificuldade com a matéria, mesmo. Não é a primeira vez que vocês me veem reclamar, aqui, da matemática.

O Etapa é muito bom no ensino das matérias de exatas. Ainda assim, sinto que estou evoluindo pouco. O problema é que cheguei totalmente sem base em matemática para encarar o vestibular. Fiz o ensino médio em escola pública antes de fazer cursinho no Etapa, no ano passado.

Daí eu priorizei as coisas que tinha mais facilidade e fui largando as de exatas. Era muito assunto para aprender em apenas um ano. Tanto é que não deu: levei bomba no vestibular. Mas esse ano ainda é muito difícil. Eu tento, tento, mas não consigo fazer muita coisa.

Preciso consertar isso ainda este ano. Se não, não vai dar pra mim de novo…

Cinthia é vestibulanda do Etapa e vai prestar Administração e Economia

Mais conteúdo sobre:

Etapamatemáticaredaçãovestibular