Estudantes da USP passam férias em Júpiter

Estadão

01 Setembro 2010 | 12h34

USP e concorrência são palavras que combinam. Para os que pensam que passar no vestibular da Fuvest já é um tormento por causa do número de candidatos, dentro da universidade a disputa por uma vaga é ainda maior. Desta vez, para conseguir pegar aquela disciplina que você tanto quer. Jornalismo Esportivo no prédio da Educação Física, por exemplo, tinha 64 inscritos para 2 vagas nesse semestre que começa agora.

Durante as férias de julho e dezembro, os alunos da USP vivem em Júpiter. Não, não estou falando do planeta, mas do Júpiter Web. Trata-se de um sistema que, teoricamente, foi criado para facilitar nossa vida e agilizar os processos de matrícula e emissão de notas. A plataforma virtual pode ser acessada de casa e oferece informações sobre disciplinas, histórico e rendimento de cada aluno.

Parece moderno e interessante, mas, na prática, não é… Para se ter uma ideia, os alunos resolveram apelidá-lo de “Lúcifer Web”, justamente porque na maioria das vezes você acaba não pegando a matéria que queria ou acaba tendo algum problema com as notas.

O sistema de matrículas da USP, gerenciado pelo Júpiter, permite que você escolha quantas e quais matérias quer cursar no semestre – é aí que o problema começa. Na USP, há também a possibilidade de escolher matérias optativas que podem ser cursadas em prédios diferentes do seu – e, aí, o problema se agrava…

Durante a troca de semestres, nas férias, você acessa o programa e faz a inscrição nas matérias que desejar e, nos dias seguintes, você fica na órbita do Júpiter para acompanhar a efetivação ou não da matrícula (que fique frisado o “ou não” que é o que na maioria das vezes acontece).

O critério de desempate é um sistema de médias criado pelos matemáticos do IME (Instituto de Matemática e Estatística) que leva em consideração as suas notas e há quantos anos você está na USP. Só que a maioria dos uspianos afirma que se trata, na verdade, de uma mistura de jó-ken-pô com Paciência Spider. Tem gente também que afirma que o Júpiter é uma pessoa com um comportamento psicológico bipolar e instável. Permite que você se inscreva em Língua Portuguesa VI sem ter feito Língua Portuguesa III.

Assim, ficamos todos gravitando ao redor dele e esperando que ele aceite nossas humildes solicitações de matrícula, e não grite friamente “indeferido” para nossos (vários) requerimentos…

Quer dar um passeio em Júpiter? Acesse: http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/

Leandro é aluno do 1º de Jornalismo da ECA-USP

Mais conteúdo sobre:

sistemasUSPvida no câmpus