Despedida

Estadão

26 Julho 2011 | 09h36

Apesar do ritmo acelerado de estudos, meu primeiro semestre não teve foco no vestibular. No entanto, foi de extrema importância no que se refere ao andamento de minhas escolhas futuras. Através de uma teia de valores tecida ao longo da minha vida, consegui com a ajuda de uma orientação profissional escolher a carreira para a qual prestarei vestibular ao final do segundo semestre.

Embora o ano ainda não tenha acabado, a sensação que tenho é de fechamento. Parece que finalmente, com muito esforço, encaixei uma grande parte dos meus interesses, muitas vezes completamente distintos, em apenas uma profissão. Agora, tanto minha atração pela arte como pelo meio ambiente e sustentabilidade, ambos relatados aqui no Rotina de Estudante, parecem convergir em um único ponto.

Assim, com as ideias mais ordenadas, já tenho minha meta para final do ano: ingressar na FAU! Dessa forma, com um objetivo estabelecido, acredito que fica muito mais fácil estudar. Por isso, começo semana que vem o cursinho e as aulas de linguagem arquitetônica para a prova específica.

Por fim, aqui me despeço! Gostaria muito de agradecer a equipe do Estado pela oportunidade de escrever no Rotina de Estudante e a todos os leitores que me acompanharam. Foi uma experiência ótima que, inclusive, teve grande importância no que se refere à organização dos meus pensamentos e das minhas escolhas para o segundo semestre, uma vez que enquanto escrevia acabava refletindo muito sobre os assuntos aqui tratados. De agora em diante, na reta final, me resta estudar! E o melhor de tudo é que, apesar de um pequeno receio com essa carga de estudos, me encontro ansioso e com boas expectativas para tudo o que está por vir.

Tomás Millan é aluno do 3.º ano da Escola Vera Cruz

Mais conteúdo sobre:

FAURotinatomásvestibular