Dança das cadeiras

Estadão

06 Maio 2011 | 11h27

Após um recente simulado, ocorreu a tão comentada reestruturação das salas de aula: o agrupamento dos alunos de acordo com suas notas. Existem inúmeras críticas sobre essa iniciativa, mas eu acredito que seja apenas mais um artifício para motivar os alunos. Até então, tenho tido resultados expressivos, o que me permitiu continuar no mesmo grupo.

Embora seja um ambiente competitivo, marcado pelo cansaço e concentração, o cursinho também nos proporciona momentos de descontração. Piadas e “sonoplastias” fazem parte de uma pequena parcela da aula que, de certa forma, nos ajuda a nos concentrar no restante. Há pouco tempo, um professor de redação disse o que, para mim, foi a frase da semana:

“O que é démodé para vocês?” – e, após hesitar – “Nunca tinha pensado nisso, mas a palavra démodé é tão….démodé”.

Independente de qual seja seu empreendimento, caro leitor, te desejo bastante força para esse começo/meio de ano. E como ninguém é de ferro e estamos em plena sexta-feira, bom descanso!

Caio Godinho é aluno do Anglo