As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Unicamp: biologia exige muita decoreba

Redação

10 Janeiro 2010 | 17h01

Às 16h34, saiu o primeiro candidato do local de prova na unidade da Unip no Paraíso. Marcelo dos Santos Angelo, de 17 anos, presta vestibular na Unicamp para Engenharia Civil e não achou a prova difícil. “Consegui resolver todas as questões. Mas biologia estava, no geral, um pouco mais trabalhosa que português”, contou.

Segundo o candidato, a prova de biologia exigiu muita decoreba dos vestibulandos. Já em português, as perguntas cobravam interpretação de texto e o conteúdo dos livros obrigatórios listados pela Unicamp.

Juliana Nunes, de 18, que deseja uma vaga de Letras, gostou da prova da Unicamp, mas também se queixou do excesso de nomes e termos cobrado na prova de biologia.

Para Lucas Ribeiro, 18 anos, candidato a Engenharia Química, nenhuma das duas provas foi difícil. O problema é que biologia foi “mais abrangente”. “Caiu um monte de coisa, como genética e ecossistemas. Por isso foi mais difícil”, resumiu.

O primeiro dia da 2ª fase da Unicamp será encerrado às 18h. Continue acompanhando a cobertura do blog do Estadão.edu.